domingo, 25 de janeiro de 2009

Amor e Ódio

Já dizia a minha mãe que entre o amor e o ódio existe uma linha tênue.
Quando eu era garota, o rapaz que eu mais desgostava acabava sendo o qual eu ia acabar gostando mais. E isso acontecia com a maioria das coisas.
E assim a vida progrediu, e eu continuo sempre vivendo entre esta tênue linha.
Porque tudo não pode ser mais fácil, e agente ser simples, objetiva, feliz?
Porque simplificar é tão desinteressante?
Ando sentindo falta da adrenalina...

2 comentários:

sissi-blucas disse...

a gente sempre complica as coisas pq dai a vida fica mais divertida.....

saudades

Anne Summers disse...

será? Estou sentindo falta da diversão.